Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

05/12/2018

Lançamento da Coleção Identidade do Grupo TEIA – Rede de Trabalho Artesanal movimenta Microempa nesta manhã

Evento foi marcado pela apresentação dos produtos desenvolvidos com a consultoria de Walter Rodrigues.

Na manhã desta quarta-feira (05.12), a Microempa realizou o lançamento da Coleção Identidade, do grupo setorial TEIA – Rede de Trabalho Artesanal. O evento ocorreu na sede da entidade, em Caxias do Sul, reunindo líderes empresariais e convidados ligados aos segmentos da moda, festas, design, economia, influencers e imprensa, bem como de autoridades, para a apresentação da coleção, desenvolvida com a consultoria de Walter Rodrigues, para as empresas que compõem o TEIA.

A ação é resultado da participação das empresárias do grupo setorial no Projeto Identidade, uma capacitação para o desenvolvimento de produtos com a consultoria do estilista Walter Rodrigues por meio do Instituto By Brasil. Com duração de seis meses, a qualificação possui uma metodologia exclusiva para a criação de coleções, evidenciando características próprias de cada marca e fazendo com que essa identidade seja um diferencial competitivo no mercado. A realização integra as ações do edital do Empreender Competitivo, que disponibilizou recursos para a capacitação. A partir de uma visita técnica à Igreja São Pelegrino, as empresas desenvolveram produtos utilizando diferentes metodologias artesanais para criação de peças autorais.

O presidente da Microempa, da entidade, Jovenil Vitt Lima, destacou  o empenho do grupo. “As integrantes do Teia não somente aceitaram o desafio de participar do projeto, como abraçaram e se engajaram para realizar e de fato fazer essa coleção  acontecer”, destacou.  A coordenadora do grupo setorial Teia – Rede de Trabalho Artesanal, Cateline Padilha, ressaltou que o grupo iniciou suas atividades em 2016 dentro da metodologia do Projeto Empreender, que no Brasil é promovido pela Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB) e após esta etapa inicial o grupo conseguiu se habilitar no edital do Empreender Competitivo, que disponibilizou recursos para a capacitação que deu origem à coleção apresentada e para outras ações, bem como a importância de integrar uma associação empresarial como a Microempa para conseguir apoio para a valorização do trabalho em uma perspectiva empresarial. “As integrantes do grupo Teia buscam o reconhecimento do seu trabalho com o artesanato como um negócio e uma visão empresarial das produções”, reforçou.

O estilista Walter Rodrigues se pronunciou destacando a dedicação e o talento das artesãs: “Estou muito agradecido porque a finalização de um projeto marca o inicio de um novo, por isso é muito importante esse momento para encerrar um ciclo de cinco meses de trabalho”, ressaltou. O estilista destacou a importância da Microempa, do Instituto By Brasil e do empenho das artesãs, para a viabilização dos resultados entregues com a coleção. “Acho que temos um potencial muito rico e precisamos olhar o artesanato assim como a moda é: um negócio. Tenho orgulho de dizer que nenhum produto desta sala será comprado por piedade, vai ser comprado porque é bonito, tem conceito, historia e mais importante: tem encantamento. Continuem transmitindo esse encantamento através dos produtos feitos com as mãos de vocês”, disse.

                Com inspiração em detalhes da Igreja São Pelegrino e obras do artista Aldo Locatelli, foram desenvolvidas as coleções cápsulas. A Nolitá – Atelier de Acessórios criou duas linhas de produtos, com brincos, pulseiras, colares e enfeites de cabelo, uma para o dia a dia e outra para noivas e festas, com design visionário, moderno e conceitual, além de matérias-primas diferenciadas. Já o Ateliê Macramê Ana Casara traz toalhas, vestidos e xales com macramê, referenciando degradês e tons suaves da Igreja.

                As imagens do arcanjo no afresco do teto da igreja e de Nossa Senhora inspiraram a criação de bordados em miçangas e vidrilhos e pontos de crochê para decorar conjuntos de moda praia, bolsas, clutchs e niqueleiras do Ateliê Sil Artes. A empresa Um Pontinho – Bordados feitos a mão apresenta acessórios femininos com microbordados, porta-alianças bordados e kits e projetos para bordar em casa inspirados nos arabescos e arcos característicos da Igreja. Flâmulas e bastidores para decoração com design e cores que remetem às formas destacadas pela projeção do sol nas paredes da Igreja, lenços com estamparia original com inspiração nas portas e flores de bronze e mosaicos do chão da Igreja também fazem parte do portfólio criado pela empresa. A Casa de Bonecas Feitiços de Pano desenvolveu um boneco em tecido inspirado no Arcanjo São Miguel, além de uma linha de tecidos com design inspirado nas rosas e cores de Nossa Senhora de Caravaggio, moldes e gabaritos com desenhos e arabescos para a produção de bonecas artesanais.

 Crédito das fotos: Bárbara Lipp


VER TODAS NOTÍCIAS