Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

15/04/2019

Grupo de Economia Criativa da Microempa realiza visita técnica à Europa

Intercâmbio profissional é imprescindível para o crescimento econômico, principalmente nos segmentos nos quais a criatividade e a inovação são os ingredientes essenciais. É de olho nesse conhecimento e com o intuito de elevar o volume de negócios gerados que um grupo de sete empresas do GSEC – Grupo Setorial Economia Criativa da Microempa inicia, no dia 16 de abril, um roteiro de visitas técnicas e workshops nos principais espaços destinados à criatividade na Europa.

Entre os países que fazem parte do roteiro Europa Criativa, estão Portugal, que concentra diversos centros de inovação e complexos culturais; Holanda, país cujo setor criativo cresceu 25% desde 2011e caminha para ser a economia mais criativa do planeta até 2020; e Londres, berço e expoente da economia criativa mundial gerando cerca de £35 bilhões anuais em valor bruto para economia britânica. 

“O grande objetivo desse roteiro é realmente trocar experiências, analisar as tendências do principal mercado da economia criativa e trazer ideias de sucesso para potencializar os negócios da região”, afirma Gabriela Casagrande, coordenadora do Grupo Setorial Economia Criativa.

A visita faz parte do projeto Empreender Competitivo, realizado pela CACB com apoio do SEBRAE, programa que busca o fortalecimento das empresas, por meio do apoio aos núcleos setoriais. Fazem parte da comitiva representantes das empresas: Agência Moça, Bonsai Consultoria, Tuti arquitetura, Braga Assessoria, Estação A Design, Dolphin Tecnologia da Informação e Cia da Alegria.

 

Sobre o Grupo Setorial Economia Criativa

Criado em abril de 2014, o GSEC – Grupo Setorial Economia Criativa, reúne empresas do setor de economia criativa visando o crescimento por meio de troca de conhecimentos, capacitações, além de participação em feiras e eventos. A economia criativa envolve áreas em que a qualidade e o valor do trabalho estão relacionados ao talento das pessoas que o fazem, e não ao capital que ela possui.


VER TODAS NOTÍCIAS